RRCursos

o curso certo para uma carreira de sucesso!

Ao vivo e On Demand

  • Aumentar tamanho da fonte
  • Tamanho da fonte padrão
  • Diminuir tamanho da fonte
Home DICAS DE CONCORDÂNCIA VERBAL

CONCORDÂNCIA VERBAL - DICAS

E-mail Imprimir PDF

Concordância verbal é responsável por tirar preciosos pontos em provas de concursos. Não deixe isso acontecer com você.
Pra te auxiliar, reproduzimos um quadro resumo extraído do manual de redação da Folha de São Paulo.
Veja quadro abaixo.

De qualquer forma, para garantir seus pontos nas questões de Língua Portuguesa recomendamos nosso curso de Português para Concursos, completo e atualizado com a Nova Ortografia.


Concordância verbal  (parte 1):

Quadro apresenta as principais dificuldades

extraído do Manual de Redação da Folha de S. Paulo/ uol

Caso

Usa-se singular

Usa-se plural

Uso facultativo

Coletivos

não especificados:

Um bando invadiu a sala.

 

especificados por termo no plural: Um bando de cães invadiu/invadiram a sala. (prefira o singular)

A maioria, boa parte, a maior parte, metade, o grosso

não especificados:A maioria aprovou; Grande parte viajou para o norte.

 

especificados: A maioria dos peixes morreu/morreram. (prefira o singular)com verbo de ligação (ser, estar, etc.):A maioria dos índios estava nua/ estavam nus. (prefira o plural)

1 milhão de, 1,2 milhão de, 1,99 milhão de

 

 

1 milhão de paulistas deixou/deixaram o Estado. (prefira o plural)

A maioria dos que, boa parte das que

 

o verbo depois de "dos que" vai para o plural:A maioria dos alunos que foram reprovados achou a prova difícil.

 

Cada um

Cada um tinha dois filhos.

 

 

Um dos que

 

Ele foi um dos que mais lutaram pela paz.

 

Um e outro

 

Um e outro chegaram cedo; Um e outro aluno saíram.

Eventualmente se emprega o singular.

Nem um nem outro

Nem um nem outro esteve lá.

 

Já se emprega o plural também.

Um ou outro

Um ou outro o receberá.

 

 

Núcleos ligados por "ou"

se houver exclusão: O Flamengo ou o Vasco ganhará o jogo.

sem exclusão: O aluno ou o professor podem fazer a inscrição.

 

Nem repetido

 

 

Nem fulano nem beltrano chegou/chegaram a tempo. (prefira o plural)

Com

para enfatizar o núcleo:

O presidente, com seus aliados,venceu.

quando "com" se equipara a "e": O general com seus oficiais tomaram a cidade.

 

Não só...mas também tanto...como assim... como

 

Não só ele mas também seu pai ficaram feridos.

 

 

Concordância verbal  (parte 2):

REGRAS PARA CASOS MAIS DIFÍCEIS

Caso

Usa-se singular

Usa-se plural

Uso facultativo

Verbo antes de sujeito composto

 

 

Renunciou/Renunciaram o presidente e os ministros. (prefira o plural)

Núcleos em gradação

para enfatizar o último termo: Em Roma, um dia, um mês, um ano passa voando.

para enfatizar todos os termos: Em Roma, um dia, um mês, um ano passam voando.

 

Núcleos resumidos por "tudo", "nada", "ninguém", "nenhum"

Visitas, presentes, amigos, nada o tirava da apatia.

 

 

Quem

Não foram eles quem sujou a parede.

 

Pode ocorrer a concordância com o termo antecedente (construção popular): Não foram eles quem sujaram a parede.

Que

precedido por singular:Não foi ele que sujou a parede

precedido por plural:Não foram eles que sujaram a parede.

 

Pronomes de tratamento/Vossa (s)

Vossa Excelência está cansado?

Vossas Excelências estão cansados?

 

Infinitivos

infinitivos genéricos:Nadar e correr faz bem à saúde.

determinados ou expressando ideias opostas: Rir e chorar fazem parte da vida; O comer e o dormir são necessários.

 

Plurais aparentes (nomes próprios de países, Estados, cidades, acidentes geográficos, empresas)

sem artigo ou com artigo no singular: O Amazonas nasce no Peru; Minas Gerais produziu grandes escritores no século 20.

com artigo no plural:Os Estados Unidos assinaram o acordo; As Casas Bahia fundiram-se com o Grupo Pão de Açúcar.

 

Plurais aparentes (nomes de obras literárias)

sem artigo: "Suspiros Poéticos e Saudades" marca o início do romantismo no Brasil.

com artigo no plural:"Os Lusíadas" representam um marco na literatura.

com artigo no plural e verbo "ser": "Os Lusíadas" é/são uma obra-prima.

Verbo associado à palavra "se"

transitivo indireto fica invariável: Trata-se de novo produto; Precisa-se de secretárias.

na voz passiva, concorda com o sujeito: Vendem-se casas.

 

Pronome relativo precedido de plural

 

A maioria dos soldados que estavam no quartel ouviu a notícia.

 

 

Concordância verbal é responsável por tirar preciosos pontos em provas de concursos. Não deixe isso acontecer com você.
Pra te auxiliar, reproduzimos um quadro resumo extraído do manual de redação da Folha de São Paulo.
Veja quadro abaixo.

De qualquer forma, para garantir seus pontos nas questões de Língua Portuguesa recomendamos nosso curso de Português para Concursos, completo e atualizado com a Nova Ortografia.

XX
Última atualização em Seg, 11 de Maio de 2015 12:35  

Programação - RRCursos

Carrinho de Compras

 x 
Carrinho vazio

Pesquisas e Enquetes